Artigos

 

FOB faz parceria com o Instituto de Química da Unicamp

 

A Federação Ornitológica do Brasil – FOB, fez parceria com o Instituto de Química da Unicamp para complementar as análises do Laboratório de Legitimidade durante os campeonatos brasileiros 2ª etapa

 

A FOB e a Unicamp assinarão convênio de colaboração que permitirá trabalho pioneiro na formação de um banco de dados para os parâmetros de normalidade na plumagem das aves domésticas brasileiras. Os laboratórios do Instituto ainda serão retaguarda nas análises de detecção de fraudes nos fenótipos dos canários de concurso durante a 2ª etapa dos campeonatos brasileiros já a partir de julho de 2015.

O engenheiro Wagner Canhaci, vice-diretor financeiro da FOB e juiz OBJO-OMJ, é o responsável e articulador do projeto pela federação, além de ser o responsável pelo laboratório de legitimidade desde a sua implantação em 2007.

 

Laboratório de Legitimidade

O laboratório da FOB já realiza coletas de amostras para análise como a exposição à luz, histeroscopia e análises químicas, agora em parceria com a Unicamp as amostras irão para os laboratórios dos cientistas e pesquisadores para equipamentos como, por exemplo, o espectrômetro de massa, microscópio de varredura laser, entre outros.

Já a partir da próxima sexta-feira, 26 de maio, Canhaci levará as primeiras amostras de plumagem de canários de Cor para o inicio do estabelecimento dos parâmetros de legitimidade. As amostras pré-campeonato serão verificadas em equipamento capaz de realizar uma varredura com a identificação de toda a composição química da plumagem.

O objetivo é a detecção de fraudes nas aves de concurso, o estabelecimento de um banco de dados, e o desenvolvimento genético da ornitologia amadora.

Na ornitologia amadora mundial a iniciativa é inédita.

 

PARCERIA - Unicamp utilizará espectrômetro de massa para detecção de fraudes na plumagem dos canários na 2ª etapa do Campeonato Brasileiro 2015