Federação Ornitológica do Brasil
Concursode Revistas - Regras 2017

O concurso tem como objetivo principal incentivar a produção de artigos técnicos inéditos sobre os segmentos ornitológicos difundidos
pela FOB, promovendo orientação e informação a todos os criadores e leigos.
Os artigos devem servir para iniciar, esclarecer e motivar os criadores.
O concurso é realizado anualmente por ocasião do Campeonato Brasileiro de Ornitologia.
A Comissão Julgadora é composta por 3 a 5 pessoas nomeadas, anualmente, pela FOB e deverá ter em sua composição, no mínimo, um
juiz OBJO, um diretor da FOB e um criador associado a clube filiado a FOB ha pelo menos três anos; nenhum deles pode estar relacionado
a qualquer revista que esteja participando do concurso.

INSCRIÇÃO
A inscrição deve ser feita, impreterivelmente, até o último dia da entrega dos pássaros, de acordo com o cronograma anual de cada
campeonato, ao diretor de Comunicação da FOB, mediante apresentação de carta de inscrição assinada pelo presidente do clube, ou seu
representante, juntamente com 12 exemplares da revista e 1 mídia digital (CD, DVD, Pen drive ou outro) com arquivo original dos artigos
inéditos, contendo texto e fotos, para reprodução na revista Brasil Ornitológico.

Em nenhuma hipótese serão aceitas inscrições após o prazo ou sem a carta de inscrição, a mídia digital e os 12 exemplares da revista.

REGRAS TÉCNICAS - ITENS PRÉ-CLASSIFICATÓRIOS
FORMATO
210 x 280 mm. (Não serão aceitas revistas de outras medidas).
ÍNDICE
O índice deve discriminar os artigos inéditos, os transcritos e todos os demais assuntos constantes da revista.
EXPEDIENTE
Trazer o clube, presidente e diretor responsável, editor e responsáveis pela publicação, a empresa editora, indicação de tiragem, data,
endereço e contato.
CONCURSO DO CLUBE
É obrigatória a publicação dos resultados dos concursos realizados no clube no último ano. Será considerada a qualidade da apresentação
dos dados.

ITENS PARA PONTUAÇÃO
ARTIGOS – DEVEM SER INÉDITOS.
A PUBLICAÇÃO DE ARTIGO TRANSCRITO É FACULTATIVA E NÃO CONTARÁ PONTOS.

       INÉDITOS
a) Número: no mínimo 4.
a.1) Obrigatoriedade: um dos artigos deve ter tema e conteúdo direcionado ao criador iniciante.
b) Caráter: exclusivo, não publicado em nenhum outro meio de comunicação existente ou que venha a surgir, ou em qualquer outra revista,
anuário ou periódico durante o mesmo campeonato.
c) Tema: abordar aspectos técnicos da ornitologia nos segmentos difundidos pela FOB, como manejo, acasalamento, genética, mutações, etc.
d) Identificação: constar, em destaque, a palavra INÉDITO e o tema ou tag a que se refere o artigo, como: Acasalamento, Alimentação,
Anilhamento, Genética, Manejo, Mutações, Padrão, Reconhecimento de cores, Sexo, Veterinário, outros.
e) Autor: constar nome e qualificação do autor ou autores.
f) Pontos: máximo 70 pontos, se atender todos os itens anteriores e proporcional ao interesse, qualidade de texto e apresentação, número
de páginas, fotos, ilustrações e outros.

CAPA
Será avaliada a criatividade, originalidade, qualidade de apresentação e impressão.
Pontos:15.

MIOLO
Na parte interna será avaliado o layout, disposição e distribuição dos artigos, fotos e anúncios, número de páginas destinadas a artigos e
outros assuntos. Qualidade gráfica, impressão preta e branca, colorida, qualidade das fotos e ilustrações.
Pontos: 15.

PREMIAÇÃO
A classificação e a premiação contemplarão as 3 melhores revistas com:
- campeã: troféu, isenção de anuidade para o ano seguinte e 1 mil anilhas.
- 2º lugar: troféu, isenção de anuidade para o ano seguinte e 700 anilhas.
- 3º lugar: troféu, isenção de anuidade para o ano seguinte e 500 anilhas.
Entre as 3 revistas melhores classificadas será escolhido o melhor artigo e o seu autor receberá um troféu no jantar de entrega de Prêmios.

* A FOB terá o direito de reproduzir e publicar, sem ônus, os artigos de qualquer revista inscrita no Concurso nas edições da Brasil Ornitológico, no site institucional ou qualquer meio de comunicação da própria Federação.